sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Remapeamento cortical


Existe um fênomeo neuronal comum entre as pessoas que têm membros amputados: o remapeamento cortical. Este consiste num rearranjo das funções dos neurônios responsáveis pelo membro antes da amputação, os quais passam a se agregar a outros neurônios para ao mesmo tempo em que supera o novo déficit sensório-motor também possa valorizar novas demandas deste setor. Durante este período o indivíduo pode ter a sensação de "membro fantasma", de que ele existe e que, por exemplo, coça, onde ele não existe mais. Penso: será que podemos falar de remapemaneto cortical com as mudanças subjetivas? De novos neurônios que superam déficites de "pedaços da gente" que não existem mais e que se esforçam para dar conta de novas demandas internas?Só sei que como toda amputação, seja física ou simbólica, sentimos falta do que foi perdido; nos pergutamos se ainda vale a pena continuar ou se vamos conseguir continuar e o pior ainda dói a falta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...