quarta-feira, 3 de setembro de 2008

E haja prana



Numa postagem anterior sobre astrologia védica -dica do blog Between Us- o símbolo que representava minha missão na terra era upaganda porque me sentia dividida entre trabalhar e aproveitar mais a vida. Na hora achei que não tinha muito haver comigo. A minha rigidez de personalidade às vezes me impede em ver que ter que gostar de trabalhar é até mais necessário, pelo menos nos tempos atuais, do que diverção...Mas confesso que esses dias de molho para recobrar-me de uma "pequena/grande" indisposição tem seu lado bom, para não dizer maravilhoso. Durmir e acordar não muito tarde. Tomar o café da manhã tranquila. Andar de bicicleta às margens do Açude Velho. Ir ao Yôga por recomendações médica. Olhar meus e-mails, postar no blog, ler com tranquilidade, papear no MSN é um sonho...Tudo que pedi a Deus: Que o relógio não me persiga! Acho que nisso a astrologia estava certa. Claro que às vezes vem aquelas coisas na cabeça: "ai falta isso e aquilo para fazer. Tem o prazo disso e daquilo...e ansiedade logo bate". Mas faço: XÔ! Esse corpo não te pertence. Volta para o mar oferenda! E tudo que teve de ruim já passou. Foi uma fase. E eu sei e gosto do que faço. Como minha professora de Yôga falou tenho um ótimo prana que são as energias que emanam dos chácaras. Swásthya para todos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...