segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Juventude Limpa e Jonas Brothers: só sendo coisa de americano mesmo


Se alguém já teve a oportunidade de ver Lances da Vida no Sbesteira, em alguns episódios aparecia um grupo chamado Juventude Limpa. Eram jovens que já tinham experimentado uma vida sexual, mas que optaram pelo celibato por causa de algum momento díficil em suas relações amorosas tipo: traição, aborto etc. Sinceramente achava que era coisas da ficção e tal. Até porque o EUA não é um país tão liberal assim. O conservadorismo é não só mais uma ala político-partidária, mas valores cultuados por boa parte dessa sociedade. Inclusive tive a oportunidade de ler uma tese de doutorado sobre políticas reprodutivas e nela havia o alerta de que o governo estadosunidense estava dando incentivos financeiros para os países que destribuiam menos camisinhas e eram intolerantes ao aborto, já que tais métodos contraceptivos incentivariam a promiscuidade entre o jovens e desistimularia a opção pelo casamento. Enfim, descordo que colocar um grupo de jovens em situação de vulnerabilidade social ao não distribuir preservativos, seja a melhor opção para fazer com que optem pela instituição família. Acho até um retrocesso que depois da invenção da pílula anticoncepcional e do movimento hippe a favor da liberdade sexual, movimentos como esse existam. Decepções amorosas sempre vão existir e faz parte de um aprendizado do relacionamento. Não é a toa que muitos casamento vão por água abaixo ante a dificuldade dos parceiros em falar sobre sexo ou a falta de experiência no assunto...Também não é menos verdade que esse oba-oba de ficar com um, dois, três...em que as pessoas são descatáveis, não é legal porque torna os laços humanos fragéis. Mas sabe o que me surpreendeu? Saber ontem pelo Fantástico que uma banda nova de rock, convidada para o museu do rock, usam os chamados anéis da virgindade porque pretendem fazer sexo somente quando se casarem porque são meninos de família. O que é isso heim?Seria o Jonas Brothers a Juventude Limpa do SBT? Teria saido daí a inspiração para a série? Qualquer um faz o que quer com sua virgindade, inclusive transfomá-la numa estratégia de marketing ou quem sabe de convicção conservadora ultra-radical...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...