terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Tentações de fim de ano e eticetera



Jesus me segure porque evitar toda essa comilança de fim de ano está sendo uma tarefa muito difícil e logo eu que perdi quatro quilinhos...Oh Jesus!

Só para ajudar ganhei uma cesta de chocolate da Cacau Show. Gente, vamos combinar que para uma desgustadora de chocolate como eu, evitar a cesta é uma tarefa árdua. Já dividi os produtos com minha mãe e meu irmão, já chamei minha irmã siamesa para uma farra do chocolate e fazê-la comer mais do que eu, claro, já que ela diz que está aceitando ser uma gordinha feliz. Mete bala, ou melhor meta-se no chocolate. Mas está difícil, inclusive, tem uns três chocolates nessa sexta que são super interessantes:

1. Chocolate com pimenta. Depois da novela acho que muita gente ficou curiosa para saber como seria um chocolate com pimenta e se existir muitas receitas confesso que essa que degustei é interessante. Não muito doce com leve ardor no final, quase imperceptível. Ah! Há ainda um chocolate belga que parece ter gosto de rum e um suíço que parece um pouco amargo com um gosto de cacau mais forte. Já viu né? Sinto todos os detalhes dessas obras primas que são os chocolates. Tipo quando a Nescau lançou seu chocolate, para mim parecia o Milkybar da Nestlé (o antigo Lolo da minha infância que só mudou o nome) com flocos de arroz numa versão maior e mais firme. Meu Deus! Se alcoólatra foge de garrafa e bar, eu fujo dos chocolates, nem compro mais para levar para casa, mas quando ganho é irresistível não comer mais de um. Fora os chocolates comerciais como o Caribe da garota e o Crocante que amo. Ou seja, nesse disse foram 5 chocolates e haja bike para queimar;

2. Ai! Lembrei de uma criancinha agora metendo a cara num bolo de chocolate. Ai que delícia !

3. Ganhei um pinguinzinho da minha irmã siamesa. Tão fofo. Ela disse que viu e lembrou-se de mim por causa do filme a Marcha dos Pingüins que amo. Já tenho uma tartaruguinha, um pingüim, um coelhinho, um macaquinho...Olha como minha interação com os animais está melhorando. Se ela ler isso me mata porque gosto mais de interação com bichinhos de pelúcia. Coisas de menina que vem da cidade grande e morou em apartamento;

4. Vocês viram o programa “Altas Horas” de sábado? Mas uma prova de que não estou louca. Dudu Nobre relatou o quanto foi descriminado numa viagem internacional por profissionais da companhia área quando voltava de viajem ao Brasil. Inclusive ele está processando a empresa e relatou como ele, Adriana Bombom, suas duas filhas menores e um amigo deles foram vítimas dos xingamentos. Os comissários de bordo imitaram macaco ao lado da poltrona dele, afirmaram que ele e a família eram ignorantes e chipanzés e que ele calasse a boca que não estava no Brasil (querendo insinuar que aqui é uma zorra). Detalhe: um dos agressores idiotas era mexicano e supostamente deveria saber o que é discriminação, já que é subordinado de uma companhia área americana. Aplaudi a atitude de Dudu Nobre quando disse que ia aproveitar da posição que ele tinha alcanço através da música para evitar que outros negros e brasileiros fossem discriminados em viagens internacionais. Eu sabia que estava certa! Senti a mesma coisa quando fiz minha viagem a dois anos à Europa. Senti que fui descriminada porque era mulher brasileira (prostituta ou mula de drogas). O que me salvou no mais foi o fato de não ser negra e ter um biótipo que me aproximava das alemãs (alta de olhos claros). Embora fosse das alemãs que alguns europeus diziam ser da parte pobre da Alemanha. Isso me foi dito textualmente assim como o chipanzé e o ignorante a Dudu e família. Enquanto isso esses estrangeiros vêm para cá e nós o tratamos com toda pompa e circunstância. E nem ao menos nos respeita quando no país deles. Parece que brasileiro tem síndrome de capacho, nam! Vamos mudar essa reação gente. Cadê o nosso orgulho. Existem outras nações tão ou mais problemáticas do que a nossa e que sentem honra de seu país.

5. Há também uma possibilidade: Dudu e família terem sido arrogantes e por isso maltratados. O mesmo aproveitou para fazer publicidade do fato.

6. Mensagem do dia: “O segredo é não correr atrás das borboletas. É cuidar do jardim para que elas venham até você” (Ginsberg) Revirando o baú de lembranças...

7. Ah! Uma afirmação que ouvi a favor da liberdade sexual feminina e contra o preconceito com essa: "Nunca vi buceta com velocímetro"

8. Ah! Fiz um teste de revista "Seu perfil cor-de-rosa"... rsss e olha o que deu, embora não seja a minha cor favorita:


Você conhece o valor de uma bonita amizade. E seus amigos sabem muito bem a amigona que têm. Com você por perto, a tristeza e o baixo astral nem se atrevem a tomar conta do ambiente. Pode ser com um telefonema, um SMS ou um scrap fofo, você nunca deixa uma amiga necessitada desamparada!

Escolha atitudes rosa que combinam com você, ou crie a sua:

Uma rosa com carinho a todos que fazem parte da minha vida, com muito amor e carinho...

Descubra seu lado rosa:
http://www.movimentorosa.com/natalrosa/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...