sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

De frente comigo e para mim mesma


Inspirada no programa "De Frente com Gabi", vou fazer o papel esquizóide de entrevistadora/entrevistada num ping-pong rápido, rasteiro e engraçado...

- Melhor de três seria...(ENTREVISTADORA MIM MESMA)
- No mar, sob as estrelas e na cadeirinha do papai. (COMIGO ENTREVISTADA)

- O mínimo seria...
- Pedir desculpas e encher de carinho quando não se é legal na hora H.

- O máximo então...
- Aprender dormir de "conchinha". Saber fazer isso é uma arte e ser colocada para dormir então é o auge da arte.

-A primeira coisa que vêm a cabeça...
- A música do Raimundos, "Eu xô chupão", porque para mim tem um duplo sentido: o de beijo tipo chupão e as ronchas do pescoço. Por favor, alguém que já levou um chupão relatem e me digam se é bom, porque é bom. Nunca passei por essa experiência e ainda morro de medo de levar um. Quando o vejo em alguém penso no que minha mãe sempre falou: "Isso é coisa de rapariga. O cara tava "viçando" e marcou ela..." Me digam o que estou perdendo?

Um comentário:

  1. Eu odeio quando descubro, no dia seguinte, que fui "marcada". Odeio e me sinto meio assim, rapariga mesmo, porque eu sou do tipo que mulher tem que ser uma lady na mesa e uma puta na cama. Sair chupada é meio que levar a puta pra mesa sabe como é? kkkkkkkkkkkkkk

    Muito provavelmente o motivo que levou ao chupão é muiiito bom, mas o chupão em si, uma droga kkkk

    xêro'

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...