quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Mulher não trai, mulher se vinga (fato real)


Contando o milagre sem revelar o o santo sobre o tema da última postagem....

Uma colega foi para uma festa e viu uma ex-ficante. Ele queria algo sério e ela não. Numa domigueira, ele estava com outro, mas, segundo relatos dela, por ela tudo bem. Estava superado.

Sendo que ele, se sentindo provavelmente rejeitado, ficou no dancig se "amostrando" com a outra. Rindo dela na mesa com amigos, apontando, esbarrando no salão. E ela se controlando.

Entretanto, ela havia tomando alguns remédios que tinha como reação adversa mudança de humor. Ela misturou com bebida, que não devia, tomou coragem, foi na mesada e deu vasão a sua raiva:

LARGOU A MÃO NA CARA DELE E NÃO SATISFEITA AINDA JOGOU UM COPO DE CERVEJA.

Segundo ela, tudo foi motivado pela chacota e não por "amor" e que ele perdeu o "tino de tanta raiva que estava...Bem essa daí não traiu, mas se vingou...

Como ela ficou?

Saiu corrida da festa com medo da segurança e quando chegou em casa que o efeito do alcóol passou...
"-Menina o que foi que fiz! Se arrependimento matasse"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...