segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Tosca?


Pretendia falar logo de cara de mim, do que é tosco, e que convivo muito bem por sinal, mas de ontem para hoje aconteceu um fato que consegue explicar porque o mundo é tosco e por consequência as pessoas...


Um cara de bicileta numa na BR passa mal. Pessoas na rua num dia de domingo prestam socorro e pedem para ligar para SAMU. Enquanto isso sombra, suco fresco e as pérolas...

- SAMU? Por favor, há um homem passando mal. - eu
- Um momento. Qual a idade dele? Qual o seu nome? Onde você mora? O que que ele está sentido? [quase que dizia a atende que se soubesse o diagnóstico não teria ligado e seria uma médica]
- Bem, ele está passando mal não sei...- eu
- Vou passá-la para um médico - atende
-Alô! O que o senhor está sentido? Ele não bebeu não né? Porque a gente não atende caso de bebida... - o médico
- Acredito que não - eu
- Aguarde um minuto - o médico

30 minutos depois, havia uma igreja evangélica inteira rezando pelo paciente na calçada enquanto o socorro não chegava. Minha mãe providenciou um suco. Como todos aqui são adeptos do refrigerante, quem bebe suco praticamente sou eu e os meu são geralmente de soja. Então, minha mãe ofereceu suco de soja de pêssego. Quando o paciente da calçada terminou de beber perguntou:

- Minha senhora para cima de mim? O que foi que a senhora colocou nesse suco [garanto que veneno não foi, acho que ele não deve gostar de suco de soja...]

A ambulância chegou. Quando a assistência ia fazer um procedimento médico o cara fugiu e a pergunta no ar: Por quê?

- Ah! Ele é acostumado a fazer isso para deixá-lo em casa, mas estamos com o nome da pessoa que fez a ocorrência. - atendente.

Como assim, se eu fui a pessoa que prestou queixa?

Enfim, depois que ele desapareceu, a vizinha guardou a bicicleta e ficou com medo de ser produto de roubo. Bafafa vai e vem no outro dia o cara aparece e canta "todo o segredo":
- Sou evangélico - para a vizinha que também é evangélica.
- Eu vim avisar que o "pobe" era uma boa pessoa. Ele era evangélico - e eu pensei :"E desde de quando ter religião é precedente de boa conduta?"

Agora me diga se isso não foi tosco? Voltando a pretensão principal:

De acordo com o Aurélio tosco é um adjetivo que tem como significados:
1.Tal como veio da natureza.
2.Não lapidado nem polido.
3.Bronco, grosseiro, rude.
4.Malfeito; informe.
5.V. inculto (3).

E por que falar no que é tosco?Porque eu acho que todo mundo tem seu lado tosco ou que os outros acham tosco, no sentido de absurdo ou grosseiro. Um lado que não combina com a pessoa...
  1. Comer: adoro comer banana amassada com mamão raspado leite e canela (vulgo grololô, segundo Mami); Comer granola sem nada, no seco, raspar a panela de purê de batata...;
  2. Ouvir: Rapaz, já me falaram que é tosco gostar de Jota Quest, aquelas músicas dos anos 80 que a gente só escutava na rádio chamada By Night. Alguém lembra dela?Bem melosa, , romântica, tipo "sacrifice" de Elton John. Mas seria pior se eu gostasse de Sandy e Junior, não? E ouvir Cazuza na Hora H, para mim, é clichê...Um blues é uma boa pedida;
  3. Sentir: Gosto de ser tocada como um violino e não como uma percurssão. Ou seja, de modo suave, delizando as cordas que no momento certo pode ser tocado como num concerto de rock. Ah! Minhas bolsas são enormes e sempre carrego um ou mais livros;
  4. Ver: comédia pastelão, seriado americano, o Programa Pânico.... se o livro for ruim ou o filme também, sempre termino de lê-lo ou vê-lo (obsessão pelo final, né?). Ah! Lembrei que quando na rua gosto de andar no canto da parede. Eu tenho medo de andar muito próximo do meio-fio. Por quê? Sei lá! Deve ser algum TOC (transtorno obsessivo compulsivo). E outra, eu não gosto de dormir no canto da cama, mas também só gosto de sentar na cadeira do cinema no corredor (outro TOC);
  5. Cheirar: Livro novo! Adoro. Aliás, de coisas novas. Inclusive gosto do perfume Ops do Boticário porque para mim tem cheiro de boneca nova. Adoro dormir com cheirinho de perfume de bebê...;
  6. Além de coisinhas como: detesto dor, mas ando de patins e bicicleta; odeio fazer concursos, mas preciso deles; já me disseram que sou tão romântica como quando tinha 17 anos. Isso é ridículo...e eu pensei que tinha me "repaginado";
Ah! Com certeza há outras coisas toscas em mim, mas eu não lembro...Deve ser conveniente, não? Mas ninguém pode falar que não tentei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...