quinta-feira, 12 de março de 2009

No improviso é mais gostoso

Da fonte direta dos fatos improvisados



Eu acho que todo mundo deveria ter o direito de ganhar um jantar a luz de velas no meio da semana e sem ao menos esperar. Depois de um começo semanal difícil, um jantarzinho a luz de velas com vinho branco é ótimo. Se não coroa o resto da semana positivamente, pelo menos alivia a pressão. E olha que foi tudo no improviso. E como minha irmã siamesa disse:


- Eu estava lendo A Arte da Felicidade de Dalai Lama e achai interessante quando ele disse que a idéia ocidental de intimidade, é de casal, homem e mulher. Então decidi fazer um jantar a luz de velas para nós porque quer mais intimidade do que a amizade?


Achei a idéia arretada e acatei...E a medida que as meninas ligavam eram convidadadas para o clube da Luluzinha, comer um pouco de macarrão e beber um pouco de vinho. Começamos com duas e chegamos a quatro Lulu's...mas voltamos para nossas casas antes que a carruagem virasse abóbora e muito antes das 12 badaladas todas estavam nos seus bercinhos. "Amanhã outro dia..." Por ontem valeu mais um momento intimo.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...