domingo, 15 de março de 2009

Surpresa!

A caixa do amor

Já estou ganhando presentes de aniversários antecipado. Olha que a data do meu aniversário é em maio. Motivo? Receitinhas para melhorar meu astral no fim-de-semana. Ganhei uma caixa do amor de minha irmã siamesa que contou a seguinte história...


"Um artesão decidiu fazer caixas do amor desde que encontrou uma mulher que caprichava em uma caixa. Interpelada porque tamanho zelo, a mesma respondeu que: "Era uma caixa para guardar tudo o que seu amor a desse até ficar bem cheia e bonita ". Ela ainda não tinha um amor, mas um dia o artesão a encontrou casada, feliz e mãe de filhos. A partir de então, o artesão decidiu fazer caixas do amor".


Pois é. Minha irmã siamesa fez uma caixa do amor " que dentro dela somente poderei guardar lembranças boas e felizes", embora já tenha me entregue quase cheia com coisinhas que adoramos: quinquilharias (chaveiro de peixe para lembrar do lema da Dolly do filme "Procurando Nemo": Continue a nadar, um outro chaveiro de dadinho com símbolos japoneses me desejado virtude, paz, amor, felicidade, sabedoria e paixão), uma foto da última Páscoa onde estávamos ela, meu irmão siamês e ele e um espelho estilo indiano para que eu lembresse sempre que sou "bonita".


E como moral dessa história lembrei de uma frase que é mais ou menos assim: ao invés de caçar borboletas plante uma jardim...Prepare-se para receber e dar esse amor...
Adorei irmã pelas boas energias. Ao receber até chorei...


Um comentário:

  1. Acho muito lindo a sensibilidade de Kércia, sempre presenteando os amigos com coisas lindas e significantes! Beijão, segunda estarei por aí!

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...