sexta-feira, 29 de maio de 2009

Momentos


Há momentos que a gente espera tudo. Em outros a gente não espera nada. E quais são os momentos desses momentos? Não sei, às vezes espero, noutras não. A sensação? Pode ser de abandono. Pode ser frustração. Pode ser de insatisfação. Quando se espera tudo é como se no agora não tivéssemos nada, não fossemos nada...E na corrida em distanciar-me, mais essas ausências se presentificam em gestos, olhares ou na ausência desses. Ninguém pode, mas eu posso, eu tenho que poder porque somente eu posso ser responsável por mim mesma; porque somente eu posso saber a alegria e a angústia de ser o que se é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...