sexta-feira, 19 de junho de 2009

Por quê? Por quê?


Depois de três idas ao Parque do Povo de no máximo duas a três horas, ainda me pergunto por quê ainda insisto em ir às festas de forró. Olha se não fosse a companhia dos amigos, a paciência deles para comigo e principalmente muita comida para enxendo a cabeça enganar o juízo, eu não sei não...Imagine você ir para o Parque do Povo, o centro do "Maior São João do Mundo" e ouvir:

" Olha a coceirinha, olha a coceirinha, é o chato na calcinha..."

Quer conteúdo mais pernóstico do que esse? Sim, porque as mulheres nas músicas de forró são sujas, promíscuas e não valemos nada, mas eles ainda sim "gostam de você"...Olha que eu não sei não. Os homens é que sempre se dão bem na raparigagem. Ai, ai, chega de sociais. Chega de fingir interações sociais nesses lugares...AAAAAAAAAAA! Porque talvez da próxima vez não suporte e entre em surto.

Um comentário:

  1. Eu fui 3 vezes ao parque do povo e nas 3 a programação foi a mesma: estacionar, descer pela lateral, caminhar até a barraca (Churrasquilo pq tem banheiro dentro), ir até a banquinha de acarajé, voltar e ficar lá até a hora de ir embora. Não preciso mais que isso... Não andei, não vi como estão as coisas esse ano... sentei, comi (pq eu só vou pra lá pra comer mesmo), conversei, ri e fui embora ;-)

    xêro

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...