quarta-feira, 17 de junho de 2009

A primeira vez

O primeiro beijo. As primeiras viajem. A primeira transa...

[Parênteses: não é que o Word sublinhou a palavra transa e sugeriu que colocasse relações amorosas? Puxa! Nem o Word escapara ao ortodoxismo].

Bem, são tantas primeiras vezes que a gente até esquece-se de algumas né? Eu pelo menos quando penso em primeira vez só lembro-me da propaganda da Patrícia Lushesi e do sutiã da Valisére. Nossa! Quando vi aquela propaganda queria por queria um sutiã daquele branquinho e daí me olhar com vaidade, saindo depois na rua me sentindo né?

Ai meu Deus confissões a parte – o primeiro sutiã a gente nunca esquece – A Liga da Justiça Feminina elencou uma outra primeira vez bizarra, ou não: transar no primeiro encontro. Pois é! Um dos maiores dilemas femininos. Enquanto algumas revistas femininas dizem que se você quer o carinha para namorar então jamais faça isso no primeiro encontro. Na experiência em pauta, no entanto, os relatos afirmam que nem sempre essa premissa pode ser tomada como verdadeira. Há casais que se conhecem e transam no primeiro encontro/fica e dão super certo por muito tempo. Em compensação alguns prolongam a hora “H” acreditando que com isso vão ter mais chances de namoro e não conseguem nada: nem transar, nem namorar. Ou seja, “gorou” geral.

Se o cara é canalhinha e você quer apenas curtir vale apena apostar na transa do primeiro encontro: mais leve, despreocupada, espontânea...Agora se você quer algo mais do canalhinha, colega, deixa rolar e nem pense em pegar no pé dele: nada de ligar, escrever, ou coisas do gênero. Talvez fique com você por algum tempo. Quase tempo são eles que escolhem a fêmea e não o contrário. É horrível, mas me parece muito assim. Eles gostam de correr atrás e morrem de medo da carrocinha feminina. Portanto, meninas se liguem!

Ah! Lembrei de outra primeira vez que foi hoje depois do encontro da Liga da Justiça: eu tentando esconder a máquina fotográfica no meio dos meus “guardados superiores” para irmos de modo mais seguro comer maçã do amor no Parque do Povo. Num que é bicha ligou-se e ainda tirou a foto. Só não sei ainda se dos peitos. Há uma primeira vez para tudo, rsss...E quantas primieras vezes ainda não foram reveladas?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...