sábado, 13 de junho de 2009

Eu sei


Sabe quando vc espera muito que as coisas aconteçam?
Sabe quando vc sabe que esta mentindo, se ilundindo, enganando e que a verdade está meneando na sua cara e você fingi que não existe?
Sabe quando vc percebe que sonho sonhado sozinho é delírio?
Sabe quando alguém diz que vc é isso e é aquilo pelo simples fato de você não ser nada?
Pois é. Não é isso, nem aquilo. É tudo pelo "nada por nada". Trata-se apenas de um resto: sem sentido, nem desejo. Algo que ocupa um lugar porque não se sabe o que fazer com "isso".

Surpresas, encontros, ocorrem todos os dias, porém, o sentido que damos a eles é de nossa responsabilidade. Não importa o que acontece, importa o que você faz com isso, a posição que toma diante disso. Então o que é que ando fazendo com isso? Qual a posição que tomo: a de Sísifo? A de Ícaro? Ou que sabe a de Atenas?

Um comentário:

  1. Thaisa, nunca que o sonho sonhado sozinho é delírio! Ele é seu e por isso deve sempre ser acalentado e cuidado com muito carinho até virar realidade. Por que ele sempre vira, ou então, vira outro sonho.

    Beijos

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...