sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Direto da toca do lobo: a males que vem para bem


Pois é! "Estava puta da vida quando meu amor me chamou..."[marchinha de carnaval sem devida autorização para modificação vulgar]...De fato estava puta porque para mim quase sempre o problema não é trabalho, mas dinheiro. Não posso ver um caixa eletrônico que já tenho espasmos...Fui receber o pagamento do meu novo emprego e o que aconteceu? Estava faltando grana...Baixou o banzo e lá fui eu conciliar horários de trabalho para ir em um dos protocolos da vida.

Então, depois de perder três ônibus para a universidade e chegar na hora do almoço morrendo de calor e desesperançosa de encontrar alguém na "contabilidade", estava lá. O rapaz que me atendeu desde o início da minha contratação.

Como sempre solicito e atencioso. Expliquei a ele e foi então que ele foi verificar se estava tudo OK como meu contrato e quem deveria procurar para resolver a pendência financeira. Foi então que devido as explicações começou aquele momento: "Olhos nos olhos eu quero ver o que você faz"...Eu? O que é que eu faço? Sei lá, como sempre fico aterrorizada com vontade de sair correndo e gritando. Pois é, a mulher tão decidida profissionalmente é uma guria quando se trata de paquerar e tal. E essa é a segunda vez dentro de duas semanas que alguém paquera comigo deliberadamente e eu nem percebo e quando percebo saio pela tangente. O último atacou até minha mão dentro do ônibus de viagem enquanto eu dava uma desculpa esfarrapada esperando que ele pegasse as malas dele e fosse embora. Na verdade, ele não era feio. Bem apessoado e altíssimo, do tipo que dá para se pendurar no pescoço, usava trajes sociais.

Fuga realizada com sucesso, dessa vez, antes que pudesse fugir do departamento pessoal, o rapaz segura na minha mão e me dá dois beijinhos. Saí de lá com ego inflado claro e completamente desorientada. Não sabia mais nem o caminho para ir para sala de aula...Enfim, ele foge aos meus famosos padrões de de interesse relacional: não parece porra -loca e tem cara de menino de família e é um rapaz "mion". Mas lá vou eu dar mais algumas aulas e já até esqueci esse probleminha financeiro...kkk. Cãmbio, desligo, direto da toca do lobo e que bom que o mal financeiro veio para um bem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...