domingo, 27 de dezembro de 2009

Versinho para contabilizar os presentes


Contabilizando os presentes. Pode?

Quando se cansa em sustentar risos suficientes, silêncios necessários.
Quando se cansa em esconder o “aonde me perdi?”.
Quando se cansa em não ter o ceticismo conveniente para viver sem o amparo das utopias.
Quando se cansa em não ter mais as utopias necessárias para se reabastecer de “ópio”.
E quando se cansa em fingir?
E quando se cansa em calar?
E quando se cansa em publicar a espera de um resgate cosmico, um último grito de "socorro, alguém, o mundo"?
Quando se cansa é hora de recolocar as máscaras como quem decidi a roupa para festa black-tie.

Contabilizando os presentes:
caneca desejando esperança;
hidratante e sabonete líquido da natura de pêra;
chocolates e dos mais excêntricos para o que me é desejado em 2010, pode? Trata-se da foto acima.

Um comentário:

  1. Morrendo de rir do chocolate que você ganhou! kkkkkkkkkkkkkk Bom ver que você continuou a escrever e seus textos estão cada vez mais bonitos e profundos, gostei muito desse post (e não foi devido ao chocolate!) rs
    Beijos e Feliz 2010!

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...