domingo, 24 de janeiro de 2010

3 x 4 da vagina. E quem sabe de tantas outras?


Gravação caseira, portanto, a qualidade não é boa, mas é uma palhinha do bom humor...
"Os Monólogos da Vágina" encenado por Eve Ensle é realmente inspirador. Bem humorado e num formato que mistura documentário com teatralização nos faz rir e pensar. E daí comecei a pensar sobre vaginas e as perguntas que ela faz a cerca de 200 mulheres de diferentes nacionalidades, cores e raças? Entre elas eu me pergunto e vos pergunto:
  1. Quantas vezes você já olhou sua vagina? Uma e meio que por acaso para usar um creme depilatório. Queria ter certeza que não entraria em contato com as partes mais internas e que ficasse esteticamente bonito. Usei um espelhinho pequeno, envergonhada de estar fazendo "aquilo"...
  2. O que é que você acha mais bonito numa vagina?Pra mim vagina tem que ter cabelo e as que possuem pelos fininhos e além disso são magrinhas...as acho linda.
  3. O que você não gosta na vagina? As que são gordinhas, tipo capô de fusca, e peladinhas. Parece vagina de criança, nam! Além dessas invenções de xoxota com cheirinho de morango, lavanda...Parece que o nosso cheiro, assim como nossa vagina por si é horrível. Sem contar da ditadura cada vez maior da vagina pelada: quanto menos pelo melhor. "Assim não pode, assim não dá"
  4. Como você trata a sua vagina? De forma científica, racional. E por mais que tente extrapolar essas barreiras não é tão fácil. Fruto da criação vitoriana que tive: vaginas são feias e principalmente sujas. Que coisa horrível de de ensinar não é? Embora admire a vagina alheia, portanto, nada de misoginia, apenas puritanismo a superar. Se se "chegarem" em mim falando buceta, xoxota...nossa tem efeito constrangedor.
  5. Como você vestiria/colocaria na sua vagina? Passaria uma chapinha para os pelos ficarem fininhos, andei pensando: qual seria o efeito dos novos desodorantes para as axilas que afinam os pelos? Hum, de repente veio vontades que vem do nada...kkk. E sempre tive vontade de por uma tattoo de um dragão chinês, grande e vermelho.
  6. O que você já ouviu falar sobre vagina que embaraçou ou fixou na sua mente? Aqueles que falam que gostam do cheiro e do gosto da vagina. E no outro extremo, aqueles que a acha suja e fedorenta, mantendo uma relação de asseio com ela.
Enfim, como Ensle fala a vagina não é apenas um órgão. Está intimamente relacionada ao nosso ser, a quem somos. E principalmente, além das vaginas felizes, sensuais e reprimidas há ainda as torturadas. Aquelas que foram mutiladas não em sua parte, mas num todo de um ser, deixando marcas profundas e difíceis de esquecer.

Comments:
Patrícia: Muitas vezes acho que a internet tem poderes mágicos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...