segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Que pena! Empate: uma coisa boa, uma coisa ruim


Discutindo mais um momento crítico de nossas vidas com minha amiga reproduzi uma frase que ouvi:

'' - O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos ... '' - eu tomando emprestado de (Lao-Tsé). E ela:

"- Ai amiga! Será que estamos lascadas por causa da transposição do Rio São Francisco?"

Do outro lado da sala da injustiça o Fantástico notícia a morte com duas balas na cabeça por engano de um estudante de biomedicina da UFPE, se não me engano.

Prestes a se formar esse ano , filho de uma catadora de lixo, as lágrimas me vieram aos olhos sim e mesmo não querendo me importar com o mundo lá fora me pergunto: E como vamos conseguir reparar tanta injustiça social? Ele supostamente não fez o caminho: estudando? Não vale o sacrifício de uma família inteira? Não vale as faltas de oportunidades, as privações? O que vale então?


Vale menos tênis de marca, menos carro importado e gente sonhando em passar por cima do outro ou sair do nem aí para o tudo aí para quem está assim, desgarrado no mundo, tentando sobreviver...

2 comentários:

  1. Minha Mana Gata, se todas as pessoas fossem como você o mundo seria belo e maravilhoso,admiro sua tamanha preocupação com a realidade que muitos não enxergam.
    É uma pena que ás vezes as coisas sejam tão injustas.

    Parabéns para mim por ter uma irmã tão bela que tenho.
    E ainda parabéns para você por ser assim,incomparável!

    Beijos e Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Só espero que você não seja só mais uma daquelas pessoas que se preocupa, e apenas se preocupa.Escreve uma criticazinha aqui e ali...e a prática fica esquecida como essa história ficará daqui a uma semana.

    Mas, parabéns pela boa intenção!

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...