quarta-feira, 21 de abril de 2010

SOCORRO! A cantada do século. Para mim?

Mulher é bicho besta mesmo.Estava eu hoje, aqui, em pleno feriado em frente ao computador ...pronta para posta mais alguns episódios da minha vida, onde a gente ri, a gente chora [Ei! Isso não é letra de música não? Que seja!], quando decidi abri meu orkut e BUM! Caraca! Levei aquela cantada! "O incógnito" me chamando para ver o Teatro Mágico e...[É esse "e", é que fez a diferença] ele me manda um vídeo da banda com a música "O Anjo mais Velho" e qual era o cenário do clipe: O meu filme preferido, "Amelie Poulain".

Vi e fiquei vendo estrelinhas não né? Que isso é efeito de desenho animado quando o cara leva uma cacetada. Vi borboletinhas invisíveis batendo as asas freneticamente em frente aos meus olhos. Gente! Ainda existe gente assim? Como assim Bial? Enquanto via o vídeo e ficava perplexa, atordoada, sei lá mais o que, lembrei que a muito tempo deixe de ver esse filme porque ele começou a me fazer chorar. Por quê? Porque ele tem um "Q" de esperança, ingenuidade e simplicidade que parecem não existir mais.

E justamente num momento em que a poucas horas atrás de viagem havia dito para uma colega também intinerante, que olhava para os homens com aquele olhar blasé, de quem já viu quase tudo...[letra de outra música também]. O cara vem e me dá um "touché" nesse elegante jogo de esgrimas que é a vida. E que belo "touché"!

Bem, lá vai o vídeo e a letra da música, mas confesso que se as chances dele eram pequenas antes, ele acabou de ganhar alguns pontos extras comigo, hem? Ah! Claro que fui verificar nas minhas comunidades do orkut se tinha alguma com "Eu Amo Amelie Poulain", mas não encontrei nenhuma e daí lembrei que essa comunidade fazia parte de uma outra conta do orkut a muito tempo que foi rackeada. Então será acaso? Destino? Sorte? Coincidência? Um bom sinal da vida? O meu filme preferido? Sei lá, mas contrariando o que o Mano Jou diz "Está perfeito demais. Deve ter algo errado". Nesse momento não quero saber o que há de errado...Carpe Diem! Afinal como na letra "E o fim é belo incerto... depende de como você vê...".




O Anjo Mais Velho

O Teatro Mágico

Composição: Fernando Anitelli

"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minh'alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar

Um comentário:

  1. Amigaaaaaaaaaa, como foi isso hein? Que babadooo! Quem é esse Dom Juan?????
    Huuuuuuuuuum, sensível ele é!!!
    Conversamos mais em off...beijos!

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...