domingo, 9 de maio de 2010

Dia de mãe é dia de mãe



Homenagem muito merecida a nossa mãe depois que nossa casa foi invadida por uma peste de baratas que, de acordo com meu irmão, foi na véspera do dia das mães, uma encenação de Joy e as baratas" e se deve a pouca inteligência da vizinha que comprou um veneno de barata por meio daqueles caixeiros viajante que batem de porta em porta vendendo "maravilhas" como no filme Lisbela e o Prisioneiro...E viva os Leleo da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...