domingo, 2 de maio de 2010

Um bom domingo de fantasia e ilusão




É esse o gostinho que o show do "Teatro Mágico" deixou ontem no Clube Campestre, aqui em Campina Grande. A galera entrou no espírito do show e alguns foram à rigor: coloridos, floridos, com uma maquiagem circense...assim como todas as outras pessoas fazem quando vão a outros tipos de show.

A diferença é que nesse show imperava o lúdico, o protesto, a liberdade, para um mundo que tantas vezes monocromático. Que seja então! E quem chamem isso de juvenil, o que importa? Importa é que diferentemente de outros grupos, as letras tratam de sonhos, esperanças, liberdade, protesto....coisas tão simples que quase sempre esquecemos no dia-a -ia, mesmo não estando satisfeitos em fazer coisas sem sentido na vida. E mais ainda "não [devemos nos] acomodar com o que incomoda", porque sabemos que "a poesia [deve] prevalecer". Não é remédio, mas revigora e reanima.

O estilo da trupe mudou um pouco em relação as outras apresentações, além de músicas com um som mais regionalizado e que às vezes me lembrou um pouco do axé music, acredito que a maior publicidade da trupe permitiu que eles ousassem mais em fazer outros tipos de som, assim como aconteceu com o grupo Los Hermanos que caiu nas graças do público por causa de "Ana Júlia", e assim que ganharam maior notoriedade pública, permitiram-se dar vazão ao som que eles realmente queriam e se identificavam em fazer, garantindo seu público cativo independente do que está na crista da vibe musical.

Ah! Outra coisa que achei ótima: a campanha que eles fizeram contra a indústria fonográfica, vendendo seu material de forma independente e encabeçando o MPB [movimento de músicas para baixar pela net], já que desde do tempo dos LP's e das fitas cacetes presenteávamos nossos amigos com cópias de músicas as quais gostávamos, então qual o crime nisso?

Pena que o show no ginásio prejudicou a acústica do som e a iluminação do palco. os quais poderiam deixar o show ainda melhor, mas nada que a alegria e a poesia não possam dar um jeitinho...Mágico!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...