sexta-feira, 4 de junho de 2010

E-mails e chumbos trocados não doem?


Contato
* Narciso para "Um Mim Qualquer" mostrar detalhes 01 de junho de 2010 (3 dias atrás)

Não aceitar meu convite no orkut é um recado?

Responder
Responder a todos
Encaminhar



* "Um Mim Qualquer"
para Narciso mostrar detalhes 02 de junho de 2010 (2 dias atrás)

Bem Narciso, nomeie como for, mas os entraves em estabelecer contato deve-se muito mais a dificuldade em saber como lidar com alguém que não posso ter como um colega qualquer, como também nem como amigo, já que os meus os considero como sendo "pra torar", que não é o seu caso. Também não o considero um ex-profissional qualquer, nem um ex-namorado ou ex-amante, Afinal nem sei se tivemos uma história ou estória? Enfim, sem mágoas ou rancor cada um deve seguir seu caminho. E como você dizia: "Fique bem".

Responder
Responder a todos
Encaminhar



* Narciso para "Um Mim Qualquer" mostrar detalhes 03 de junho de 2010 (1 dias atrás)
Oi,
Parabéns minha querida. Queria poder estar contigo nesse dia especial. Tudo de bom pra ti.

Beijos.

Responder
Responder a todos
Encaminhar



* "Um Mim qualquer" para Narciso mostrar detalhes 04 de junho de 2010 (3 horas atrás)
Oi, Obg

(Digitara enquanto pensava nas oportunidades que a dita criatura perdera em realmente estar perto. Palavras quando como só palavras são apenas palavras...Era como se ele quisesse despertar um "monstro passional" o qual a mesma tentava dominar/matar todos os dias).

Responder
Responder a todos
Encaminhar



Lembrando

* "Um Mim Qualquer" para Narciso mostrar detalhes 04 de junho de 2010 (2 horas atrás)


Entrei na biblioteca hoje e vi um homem assumindo seu romance, com todas as diferenças ele estava na biblioteca com ela sob o observatório de todos, ajudando e dando beijinho no braço dela. Como dois enamorados. E daí lembrei? Por que em nenhum momento foi assim? Bateu a inveja e a vontade de dizer pra vc. Bem, disse, o que vc vai fazer com isso então...sei lá! Pra mim foi bom desabafar....
Responder
Responder a todos
Encaminhar



*
Narciso para "Um Mim Qualquer" mostrar detalhes 04 de junho de 2010 (1 hora atrás)

Houve um homem que quis assumir um seu romance com uma mulher, no entanto, devido a uma série de fatores, ela relutou e resistiu a ideia. Especialmente por existir "terceiros" envolvidos na historia e situação não bem resolvidas. Todavia, esse homem ainda aposta na possibilidade que isso possa um dia se concretizar. Ele sente falta dela no silêncio.

Responder
Responder a todos
Encaminhar



* "Um Mim Qualquer" para Narciso mostrar detalhes 04 de junho de 2010 ( horas atrás)
De vontade morreu o gato...na verdade esse homem da biblioteca diferentemente de nós era casado e deixou sua mulher e filho. Fácil???Até hj as sanções os condenam. E afinal nós tivemos muitos momento. Esses daí tiveram uma história a três pior...

(Como se adivinhara que ela não conteria-se em silenciar-se e acabaria respondendo-lhe algo, algumas linhas qualquer).
Responder
Responder a todos
Encaminhar



*
Narciso para "Um Mim Qualquer" mostrar detalhes 04 de junho de 2010 ( hora atrás)

Como disse antes, creio ainda na possibilidade. "Quando o homem sai do rio, nem o homem nem o rio são mais os mesmos". Ainda te aguardo.
Responder
Responder a todos
Encaminhar


(Algo a estremeceu, mas não havia mais sentimento suficiente, nem ao menos coragem de enfrentá-lo. E como se também protagoniza-se "Um Copo de Cólera" era nada mais, nada menos do que a sua indiferença que mais o apetecia. Dessa vez era melhor silenciar. Sem confrontos, sem esperanças, nem histórias mal acabadas, apenas uma passagem, uma fenda no espaço tempo qualquer. E já passada e fechada.)

Comments:
Cris: Quanto aos vídeos a inteção é de risada e o transbordar de emoções. Quanto ao conto futurista, que bom que causou esse realismo. Não estaríamos um pouco nos transformando nisso então? Beijos








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...