segunda-feira, 16 de agosto de 2010

É cada uma heim!? Vou te contar...


- Estava falando aqui que já te conhecia...
- A é? - indagação que foi acompanhada de um aceno negativo da cabeça junto com a expressão de quem está estava realizando um esforço comunal para tentar lembrar de algo, um fisionomia, uma vaga lembrança...
- Eu conheço você por causa de "Fulano"... - referindo-se a um ex do recpetor da mensagem - na verdade, acompanhei aquela história enrolada dele com "Cicrana". Fui um telespectador.
- A... preciso trabalhar - o receptor.
- Opa! Desculpa! Não devia ter tocado nesse assunto.

O interlocutor referia-se a um triângulo amoroso pelo qual o receptor havia passado a alguns anos e do qual saiu como a parte traída e enganada...Por acaso a vida alheia de alguém tratava-se de algum reality show? Como é que alguém tenta estabelecer uma aproximação fazendo esse tipo de comentário? Tem gente que é sem noção mesmo. Vou te contar...

Um comentário:

  1. Total e absolutamente sem noção, o cidadão, né não? credo!

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...