quinta-feira, 21 de julho de 2011

Quinta social: dia do amigo. E o do inimigo?

Todo ano tomo a iniciativa de ligar para os mais chegados e desejar "feliz dia do amigo". O que deveria ser lembrando todos os dias claro. Mas, diante, das semanas de cão que venho tendo, hoje fiquei a pensar: por que não um dia do inimigo? Exatamente aquele dia que você faria um "ritual" de expurgação daquela "entidade" maligna que não canta para subir. Igual a Judas em Sábado de Aleluia? Nada contra, mas estamos por demais na moda do "politicamente correto"! E tudo é feio demais para se dizer....É um tal de querida para cá, uns beijinhos que nem se encostam, que Deus me livre! E a falsidade depois, por trás, fazendo que o "pau coma de esmola". Minha listinha de "Feliz dia do Inimigo" e que vá para o inferno deveria contemplar:


  1. o chefe;
  2. o tempo que me enche de obrigações e pouca diversão;
  3. a inflação que come meu dinheiro;
  4. os "arrumadinhos" em todo tipo de emprego e relacionamento acadêmico;
  5. a falta de coragem em dizer na cara;
  6. os dois pesos e duas medidas para uns e outros não (injustiça);
  7. e nesse número cabalístico aquelas personagens de novela melosas que só sofrem e não reagem;
  8. a terapeuta também!
  9. e por fim, as calorias do chocolate.
Com certeza, deve ter mais coisa para mandar para o inferno, mas...Encontrei em uma única página na net que seria dia 23/08 e nada mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...