quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Jogo da Existência

REGRAS FUNDAMENTAIS PARA O JOGO DA EXISTÊNCIA

FERNANDES, Millôr. Lições de um ignorante. São Paulo: Paz e Terra, 1977 (adaptado)

"A) O jogo da Existência se joga em dois grupos. De um lado, você; do outro, todas as outras pessoas. Seu objtivo principal no jogo é continuar respirando. Se você deixar de respirar, é posto para fora do jogo. Os jogadores contrários procurarão por todos os modos e maneira impedir que você respire. O jogos ocnsite principalmente em evitar isso o tempo todo.

B) Cada jogadro joga sozinho contra todos em seu Pequeno Círuclo. O jogador pode sair do seu Pequeno Círculo para tentar eliminar do jogo outro jogador de outro Pequeno Círculo, apertando-lhe a garganta ou de qualquer outra maneira cortando-lhe o ar.

C) Embora quase todos o tentem, nenhum jogador tem direito de pôr outro apra fora do jogo. Eticamente deve apenas fazer pressão para deslocá-lo do seu Cículo.

D) O único com a autoirdade de pôr jogadores para fora é o Grande Atbítro.

E)Se, em qualquer momento, um dos jogadores sair do seu Pequeno Círculo sem poder, o Grande Arbítro apitará não falta, como em outros jogos, mas crime.

F) A nenhum jogador é permitido retirar-se do jogo por sua própria vpntade. Ele deve esperar a hora em que, por um atque do adversário, sua respeiração cesse e então o Grande Arbitro mande retirá-lo do jogo.

G) Um jogo dura em média cinquenta ou sessenta anos apra cada jogador. Mas o Campeonatod é iinterrupto, não para nunca.

H) O objetivo do jogo é um mistério absoluto. Na verdade, a única coisa que mantém o ardor do esporte e conserva os jogadroes renhidos dentro da partida é o terror de ser posto para fora do jogo. Froa do jogo, não há salvação.

Um comentário:

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...