sábado, 29 de outubro de 2011

Quando não se sabe receber o que a vida dá

- Que é isso? Rosas? Robou da onde?
- Já vai? O que você vai fazer a essa hora? Com quem?

Quando não se sabe receber o que a vida dá, as situações são semrpe vistas do ponto de vista negativo. Por que as rosas não são de um "exagerado, jogado aos seus pés, eu sou mesmo exagerado...".  E por que é que não se pode ir para casa somente porque se está cansado? Por que se espera sempre uma pedrada? Por que antecipar o sofrimento? Por que é preciso arranjar um motivo para justificar as armaduras de defesas? Porque é preciso estar sempre preparado, mas nunca para o melhor, para sinceridade, para honestidade, para o amor...É preciso sempre procurar "chifre em cabeça de cavalo", ou quem sabe "cabelo em ovo". Sendo assim tudo de fato não deixará de ser uma tragédia com vítimas fatais e nem a vida deixará de ser sufocante, sem graça das ameças de uma existência tida como vulgar...


Um comentário:

  1. Estava precisando ler isso, hoje!!!! Obrigada!!!
    Saudades, Tha. Sexta que vem estarei por Campina! Beijoss

    Larissa Lino

    ResponderExcluir

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...