sábado, 4 de agosto de 2012

Lembrando de você com Jeneci

Quando ouvi essa música automaticamente lembrei de você... 
A tanto tempo sem escrever por falta de vontade, de coragem e até de tempo mesmo, venho sendo cutucada pela promessa de escrever-lhe, mas principalmente cutucada pelas lembranças de sua presença. Cutucada principalmente pelas tantas cartas que escrevo mentalmente na qual conto porque gostaria que você estivesse ali ou imaginando o que você me diria sobre aquela situação e que me deixaria feliz, confortável com o novo, o estranho ou o diferente... Lembro:

* de música dos anos noventa inspirada nos anos oitenta. Lembra o que você me dizia em aceitar o novo como ele é? Como novo!... Essa minha mania de saudosismo, hem?
*dos filmes que não comentamos;
* de sexo por instinto: "E por que será que as mulheres todas às vezes precisam de um ritual para fazer sexo? Por que é que simplesmente elas também não seguem o instinto de fazê-lo sem motivos ou justificativas...apenas por instinto?"
* de calcinha da vovó (risos). Acho que nem a Fernandinha Montenegro imaginaria que essa moda pegaria tanto;
* do abraço de urso...e que a santíssima trindade vaticana me perdoe, mas histórico mesmo foi a meia luz quente do abraço, do sorriso e do toque juntos, o que tornou ainda mais difícil dizer: "-Vá!" - Essa perda foi inesquecível.
* daquele seu sorriso largo que parecia sol. Um sorriso que aquece, que liberta, que não rotula, que não pede motivos nem explicações, que me fazia sentir linda;
E como não amar alguém que quando rir mareja os olhos de lágrima? Que diz que quando se ama se deseja o melhor para o outro mesmo que não esteja juntinho da gente? Aprendi isso também, sabia?
Vou continuar escrevendo minhas cartas mentalmente para você e contar as coisas mais bobas, aquelas que realmente nos fazem felizes, assim como as que a gente partilhava. Seja feliz!E mentalmente todo feriado de primeiro de maio receba meu cartão de felicitações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...