segunda-feira, 27 de junho de 2016

Fugir pra onde numa segunda? Coragem!

Aí, aí, ai. Segunda nova de novo. Ouvi que passar o tempo contando os dias ou rezando para que ela chegue bem devagarinho não é vida, nem viver. Por isso que nos entorpecemos com um pouco de distração, comilança, mas nada que possamos dizer : "Oh,puxa lavem o sol..." E o que fazer? Reclamar? Sofrer por antecipação? Então tá, que venha sem esperar. E caso ainda haja algo que maxucou que vá  pra longe tudo que travou o nosso bom humor na semana que passou. Inclusive aquela briguinha de casal alheia no meio da rua que a gente vê, mas fica entre o dito " em briga de marido e mulher..." devemos sim meter a colher porque mesmo que não resoldevemos ser solidário com a urgência do outro, conhecido ou desconhecido. Só assim faremos um mundo diferente pra gente e pra os outros. E quem sabe aí sim as segundas sejam encorajadoras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queres aclarar, observar, deduzir, narrar despretenciosamene? Bem-vindo! Caso queiras apenas maliciosamente criticar, por acaso não é seu espaço, nem virtual...